he went out every
night and baby
that's alright
UNDONED e FCKRAW (exclusivo)

Descobrir uma nova música e escutar até se enjoar, é tão eu.


“É lenta e quase não fala. Tem olhos hipnóticos, quase diabólicos. E a gente sente que ela não espera mais nada de nada nem de ninguém, que está absolutamente sozinha e numa altura tal que ninguém jamais conseguiria alcançá-la.”
- Caio Fernando Abreu.    

“Você merece tanta felicidade, sabe? Merece ir dormir na tranquilidade e acordar com um sorriso porque está vivendo a melhor época da sua vida. Você merece pessoas verdadeiras, amigos mais próximos e gente desinteressada. Você merece leveza na alma e paz no espírito. Você merece tudo isso de verdade e rezo por você todas as noites, rezo para que tudo isso aconteça logo.”
- Cartas Para Julieta.  

relaxa a mente, se não estressa ✌


“Somos finos como papel. Existimos por acaso entre as percentagens, temporariamente. E esta é a melhor parte, o fator temporal. E não há nada que se possa fazer sobre isso. Você pode sentar no topo de uma montanha e meditar por décadas e nada vai mudar. Você pode mudar a si mesmo para ser aceitável, mas talvez isso também esteja errado. Talvez pensemos demais. Sinta mais, pense menos.”
- Charles Bukowski. 


dear-vodca:

isso sim é uma menina linda


“Eu um dia cheguei a agradecer por não sentir nada, por não sentir nenhum tipo de dor, não ter nenhum tipo de sentimento. Mas de uma hora para outra voltei a sentir, voltei a me machucar, voltei a sofrer pelos mesmos motivos. Voltei a ser aquela menina triste com os olhos repletos de lágrimas.”
- O Diário de Sofi.  

“Me chamam de exigente, mas não sou. Só quero alguém que tenha a mínima capacidade de fazer o óbvio, no caso gostar de mim. Mas de mim, não do que pode obter de mim. Meu anúncio só diz que sou engraçado, romântico, gentil, tarado, fiel, inteligente, carente, descrente, desesperançado, desesperado. Essas coisas que ficam na última gôndola do mercado de amores.”
- Gabito Nunes. 

“Uma vez li um texto que nas suas poucas linhas, o autor explicava a sua vontade de ser frio, de não se importar com nada e só valorizar a si próprio. Mas aí depois fiquei pensando se vale mesmo a pena “ser frio”. Será que é válido ter a honra de acordar mais um dia e não ter sensibilidade para vivê-lo? De que vale ter coração e não sentir nada? Ou até mesmo ter olhos para ver, mas não ter beleza na alma para enxergar? De que adianta estar sem vida por dentro? É necessário sentir, mesmo que o que você sinta não seja tão bom assim. Cheguei a conclusão que o bonito mesmo é essa coisa de ter coração.”
- Motivando