DC
Mysterious
return message diamonds paradise boring

velhocaos:

João, ouvi dizer por aí de uma plantação em seu peito, das nascentes orvalhais dos teus olhos que regam este plantio. João, cuidado com o amor junto a ele vem à seca e à estiagem vem a dor e o desprazer. Vem a vontade de não ser mais do que um só, porque o mais se torna vazio. Vem um frio na barriga que parece inverno interno que não passa. Junto a ele vem caos, porque a insanidade nos toma. Amor machuca, João. Corta a pele e fere a alma. Amor quebra os ossos de quem sente, martela o peito do poeta, e vira lágrima na face de quem se doa. Quem vê assim de longe sua plantação interior não faz idéia do estrago. Mas eu sei, suas flores depois adoecem e quem passa mal é você. Feito flor que vira praga, a gente engole falsa poesia e vomita borboleta morta. Toma cuidado, João. Num minuto de inocência você fertiliza esse sentimento, e toda a dor se alastra.

antonio dialogou com voeidemim.

Triste Novembro 
O problema não é a pessoa ser estranha, pessoas estranhas são legais, é diferente. O problema é a pessoa ser tão normal que da nojo.